Da Adminsitração Pública patrimonialista à Administação Pública gerencial e a burocracia

Tarso Cabral Violin

Resumo


No presente trabalho pretendemos analisar a Administração Pública brasileira, do patrimonialismo, passando pelo modelo burocrático, até a tentativa de implementação do gerencialismo-neoliberal no final do século XX.

Palavras-chave


Administração Pública brasileira; patrimonialismo; burocracia; neoliberalismo; direito administrativo

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIN, Aluizio Batista de. Elementos de sociologia do direito em Max Weber. Florianópolis: Insular, 2001.

ARGÜELO, Katie Silene Cáceres. As aporias da democracia: uma (re)leitura possível a partir de Max Weber e Jürgen Habermas. In: FONSECA, Ricardo Marcelo (Org.). Repensando a teoria do estado. Belo Horizonte: Fórum, 2004.

ARGÜELO, Katie Silene Cáceres. O Ícaro da modernidade: direito e política em Max Weber. São Paulo: Acadêmica, 1997.

BACELLAR FILHO, Romeu Felipe. Profissionalização da função pública: a experiência brasileira. Revista de Direito Administrativo, Rio de Janeiro, n. 232, p. 1-9, abr./jun. 2003.

BOBBIO, Norberto; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Gianfranco. Dicionário de política. Colaboração de Pier Paolo Girglioli. 12. ed. Brasília: Universidade de Brasília, 2004.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Da administração pública burocrática à gerencial. In: BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos; SPINK, Peter Kevin (Org.). Reforma do Estado e administração

pública gerencial. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV, 1999.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Exposição no Senado sobre a Reforma da Administração Pública. Caderno do MARE, Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado, Brasília, n. 03, 1998.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Gestão do setor público: estratégia e estrutura para um novo Estado. In: BRESSER PEREIRA, Luiz Carlos e SPINK, Peter Kevin (Org.). Reforma

do Estado e Administração Pública gerencial. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV, 1999.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Relendo raízes do Brasil. Bresser-Pereira WEB Site, São Paulo, jan. 2002. Disponível em: . Acesso em: 17 ago. 2005.

BUCCI, Maria Paula Dallari. Direito administrativo e políticas públicas. São Paulo: Saraiva, 2002.

CARDOSO, Fernando Henrique. Reforma do Estado. In: BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos; SPINK, Peter Kevin (Org.). Reforma do Estado e Administração Pública gerencial. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV, 1999.

CASTOR, Belmiro Valverde Jobim. O Brasil não é para amadores: Estado, governo e burocracia na terra do jeitinho. 2. ed. Curitiba: Travessa dos Ed., 2004.

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração. 3. ed. São Paulo: McGraw-Hill, 1983.

COHN, Gabriel. Introdução. In: WEBER, Max. Parlamento e governo na Alemanha reordenada: crítica política da burocracia e da natureza dos partidos. Petrópolis: Vozes, 1993.

COLLIOT-THÉLÈNE, Catherine. Max Weber e a história. São Paulo: Brasiliense, 1995.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Parcerias na Administração Pública. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

FAORO, Raymundo. Os donos do poder: formação do patronato político brasileiro. 10. ed. São Paulo: Globo, 2000. v. 1.

FREUND, Julien. Sociologia de Max Weber. 5. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2000.

GABARDO, Emerson. Princípio constitucional da eficiência administrativa. São Paulo: Dialética, 2002.

GARCIA, Maria. Prefácio. In: BUCCI, Maria Paula Dallari. Direito administrativo e políticas públicas. São Paulo: Saraiva, 2002.

GRAMSCI, Antonio. Maquiavel, a política e o Estado moderno. 6. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1988.

LEAL, Rogério Gesta. Estado, administração pública e sociedade. Porto Alegre: Livr. do Advogado, 2006.

MODESTO, Paulo. Reforma administrativa e marco legal das organizações sociais no Brasil: as dúvidas dos juristas sobre o modelo das organizações sociais. Revista Diálogo Jurídico,

Centro de Atualização Jurídica, Salvador, v. 1, n. 9, dez. 2001. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2005.

MONTAÑO, Carlos. Terceiro setor e questão social: crítica ao padrão emergente de intervenção social. São Paulo: Cortez, 2002.

NOGUEIRA, Marco Aurélio. Um Estado para a sociedade civil: temas éticos e políticos da gestão democrática. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

OLIVEIRA, Gustavo Henrique Justino de. O contrato de gestão na Administração Pública brasileira. Tese (Doutorado) – Universidade de São Paulo, 2005.

OLIVEIRA, Gustavo Henrique Justino de; MÂNICA, Fernando Borges. Organizações da sociedade civil de interesse público: termo de parceria e licitação. Fórum Administrativo –

Direito Público, Belo Horizonte, ano 5, n. 49, p. 5209-5351, mar. 2005.

ROCHA, Cármen Lúcia Antunes. Princípios constitucionais dos servidores públicos. São Paulo: Saraiva, 1999.

SAINT-PIERRE, Héctor L. Max Weber: entre a paixão e a razão. Campinas: Unicamp, 1999.

SCHIER, Adriana da Costa Ricardo. A participação popular na Administração Pública: o direito de reclamação. Rio de Janeiro: Renovar, 2002.

SCHIER, Adriana da Costa Ricardo. Administração Pública: apontamentos sobre os modelos de gestão e tendências atuais. In: GUIMARÃES, Edgar (Coord.). Cenários do direito administrativo: estudos em homenagem ao professor Romeu Felipe Bacellar Filho. Belo Horizonte: Fórum, 2004.

WEBER, Max. A política como vocação. In: ______. Ciência e política: duas vocações. São Paulo: Martin Claret, 2004.

WEBER, Max. Conferência sobre socialismo. In: FRIEDMAN, Luis Carlos (Org.). Socialismo: Émilie Durkheim, Max Weber. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1993. p. 85-128.

WEBER, Max. Economia e sociedade. 4. ed. Brasília: UnB, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.21056/aec.v7i30.646

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Tarso Cabral Violin

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN 1516-3210 | e-ISSN 1984-4182


Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Saldanha Marinho, n. 1762, Bigorrilho, Curitiba-PR, Brasil, CEP 80730-060
Telefone: +55 41 3014-0740

E-mail: aec.revista@gmail.com

http://www.revistaaec.com