Acesso Livre Acesso Livre  Acesso restrito Acesso Restrito

A relação entre inovação e controle da administração pública

Eduardo Jordão

Resumo


Este artigo discute a relação bidirecional entre inovação e controle da administração pública. Primeiramente, examina o impacto da inovação sobre o controle, ilustrando como novas tecnologias, processos ou ideias podem impactar a atividade de fiscalização da atuação das autoridades administrativas. Em seguida, busca discutir a medida em que o controle da administração pública pode incentivar ou limitar o desenvolvimento de novas ideias e novas tecnologias na sociedade e na administração pública.


Palavras-chave


inovação; controle da Administração Pública; relação bidirecional; tecnologia; participação popular.

Texto completo:

PDF

Referências


ATAÍDE, Luciano Quintão. Democracia digital e planejamento estratégico de governo: um estudo sobre o Plano Plurianual Participativo do Estado da Bahia 2012-2015 e 2016-2019. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal da Bahia, Escola de Administração, Salvador, 2016.)

BALDWIN, Robert. CAVE, Martin. LODGE, Martin. Understanding Regulation: Theory, Strategy, and Practice. New York: Oxford University Press Inc. 2º ed., 2012, pp. 50 e ss.

BAPTISTA, Patrícia; KELLER, Clara Iglesias. “Por que, quando e como regular as novas tecnologias? Os desafios trazidos pelas inovações disruptivas”. Revista de Direito Administrativo, Rio de Janeiro, v. 273, p. 123-163, set. 2016.

CAVALCANTE, Rafael Jardim. Transformações da Administração Pública. In: OLIVEIRA, Aroldo Cedraz de (Org.). O Controle da Administração Pública na Era Digital. Belo Horizonte: Fórum, 2016, pág. 75-99

COSTA, Gledson Pompeu Correa da. Inovação: dever do Estado, direito do cidadão. In: OLIVEIRA, Aroldo Cedraz de (Org.). O Controle da Administração Pública na Era Digital. Belo Horizonte: Fórum, 2016, pág. 123-150

CUNHA, Bruno Santos. “O princípio da eficiência e o direito fundamental à boa administração”, in Thiago Marrara (org.), Princípios de direito Administrativo, São Paulo, Atlas, 2012.

FERNANDEZ, Tomas Ramón. De la arbitralidad de la Administración, 3.ed., Madri: Civitas Ediciones, 1999.

FREITAS, Juarez, Discricionariedade administrativa e o direito fundamental à boa administração pública, São Paulo, Malheiros, 2009.

Fundação Getúlio Vargas – FGV (2015). Pesquisa Democracia Digital - Vol. 1: Panorama da transparência governamental no Brasil, vol.1. Centro de Estudos em Administração Pública e Governo (CEAPG). Disponível em: http://democraciadigital.fgv.br/publicacoes/panorama-da-transparencia-governamental-no-brasil.

GUIMARÃES, Fernando Vernalha, “O Direito Administrativo do Medo: a crise da ineficiência pelo controle”, Seção colunistas do site Direito do Estado. Disponível em

JORDÃO, Eduardo. Passado, Presente e Futuro: ensaio sobre a história do controle judicial da administração pública no Brasil. In: WALD, Aroldo. FILHO, Marçal Justen. PEREIRA, César Augusto Guimarães (orgs.). O direito administrativo na atualidade: estudos em homenagem ao centenário do Hely Lopes Meirelles (1917-2017) defensor do estado de direito. São Paulo: Malheiros, 2017, pág. 350-362.

JORDÃO, Eduardo, “Por mais realismo no controle da administração pública” Disponível em http://www.direitodoestado.com.br/colunistas/fernando-vernalha-guimaraes/o-direito-administrativo-do-medo-a-crise-da-ineficiencia-pelo-controle , acesso em 06/02/2018.

OCDE, “Embracing Innovation in Government Global Trends,” Curadoria Enap, acesso em 6 de fevereiro de 2018, https://exposicao.enap.gov.br/items/show/323.

MENDONÇA, José Vicente Santos de. Direito administrativo e inovação: limites e possibilidades. A&C – Revista de Direito Administrativo & Constitucional, Belo Horizonte, ano 17, n. 69, p. 169-189, jul./set. 2017. DOI: 10.21056/aec.v17i69.792

OLIVEIRA, Aroldo Cedraz de. O controle da administração pública na era digital. In: OLIVEIRA, Aroldo Cedraz de (Org.). O Controle da Administração Pública na Era Digital. Belo Horizonte: Fórum, 2016, pág. 19-48

RANCHORDÁS, Sofia, Constitutional Sunsets and experimental legislation: a comparative perspective, Cheltenham, Edward Elgar, 2014.

SUNDFELD, Carlos Ari, Direito Administrativo para Céticos, 2.ed., São Paulo, Malheiros, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.21056/aec.v18i72.928

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Eduardo Jordão

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN 1516-3210 | e-ISSN 1984-4182


Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

R. Saldanha Marinho, n. 1762, Bigorrilho, Curitiba-PR, Brasil, CEP 80730-060
Telefone: +55 41 3014-0740

E-mail: aec.revista@gmail.com

http://www.revistaaec.com